Saiba o que seu cão está querendo dizer com as suas expressões faciais



Você às vezes não entende o que seu fiel amigo está querendo lhe transmitir com as suas caras e bocas. Observe atentamente as suas orelhas, olhos e focinho e encontrará a resposta. Te explicamos!



AS ORELHAS

Quando as orelhas dos nossos cães estiverem intactas, e ninguém sem amor, as cortaram por estética, elas serão um dos mais importantes centros emissores de informações, graças à grande variedade das suas posturas.


Devemos entender que não é a mesma coisa interpretar as mensagens emitidas pelas longas e penduradas orelhas de um Basset Hound e as pequenas e dobradas orelhas de um Sharpei. Em ambos os casos, as interpretações serão mais complicadas para comparadas com aquelas mensagens dos ouvidos firmes de um Pastor Alemão, por exemplo.


A direção que o cão move as orelhas nos dirá o que ele está querendo nos mostrar:

. Orelhas levantadas e para frente: atenção.

. Orelhas caídas em direção para trás: medo, submissão...

. Orelhas erguidas em direção para trás: desconfiança, inquietação...

OS OLHOS

Os olhos são, sem dúvida, uma excelente fonte emissora de informação. O olhar fixo significa: atenção, desafio e pode ser um aviso antes de um ataque. Já, os olhares quase que fechados ou aquele desvio de olhar podem ser submissão, ou seja, o cão utiliza tal comportamento para evitar uma ordem, uma situação incômoda ou até mesmo para esquivar-se de um ataque do oponente, demonstrando assim a aceitação pela superioridade do outro.


AMOSTRAGEM DOS DENTES

Se o cão levantar seus lábios e mostrar os dentes, a mordida está por vir, e quanto maior for o número dos dentes expostos por ele, o ataque vai acontecer.



BOCEJO

Quando o cão boceja, para muitas pessoas ele está com fome, entediado ou sono... Mas não é bem assim... O bocejo canino nem sempre indica o mesmo do que em nós. Quando o cachorro boceja, ele está transmitindo uma objetiva mensagem: que ele está estressado ou inquieto.


E porque o cão costuma bocejar, depois de alguns minutos que seus donos chegaram em casa? O retorno para casa de qualquer um dos seus familiares humanos provoca uma grande alegria no fiel amigo, e ele vai se manifestar com saltos compulsivos, gemidos estrondosos ou mordidinhas de boas vindas. Esse ritual de saudação provoca uma aceleração clara e evidente. Após os breves momentos de entusiasmo, quando essa euforia começa a diminuir, o animal busca um lugar tranquilo, depositando seu corpo no chão e emite um bocejo.


Sugerimos que preste atenção no próximo bocejo do seu cachorro, e você ficará bastante surpreso.



Texto Eduardo Freire para o EuQueroUmFilhote

Créditos: www.euqueroumfilhote.com

Posts Em Destaque