top of page

NOTÍCIAS

  • Por Eduardo Freire - Médico Veterinário e jornalista

Alergia a pelos: Saiba por que cães de pelo curto podem não ser a melhor opção para alérgicos!


alergia
Alergia a pelos: Saiba por que cães de pelo curto podem não ser a melhor opção para alérgicos!

Ter um cão traz muitas alegrias, mas também implica em certos desafios, como a queda de pelos. Embora a quantidade de pelos perdidos possa variar de raça para raça, especialistas informam que cães com pelos curtos tendem a soltar mais pelos do que cães de pelos médios e longos.


A explicação para essa diferença está relacionada à estrutura e ao ciclo de crescimento dos pelos caninos. Cães de pelos curtos têm uma maior taxa de renovação dos pelos, o que significa que eles perdem fios com maior frequência. Por outro lado, cães de pelos médios e longos têm um ciclo de crescimento mais lento, resultando em uma menor quantidade de pelos soltos.


A presença de pelos soltos no ambiente pode desencadear reações alérgicas em indivíduos sensíveis. A recomendação, portanto, é que pessoas com essas condições optem por cães de pelagem média ou longa, já que eles soltam menos pelos e podem ajudar a reduzir o risco de crises alérgicas.


Portanto, ao escolher um cão de pelagem média ou longa, é importante considerar que essas raças exigem cuidados adicionais de higiene e escovação regular para evitar o emaranhamento. No entanto, o benefício de ter menos pelos soltos no ambiente pode compensar o esforço extra necessário para manter a pelagem do pet.


É importante ressaltar que cada pessoa reage de forma diferente aos alérgenos presentes nos pelos de animais. Dessa forma, antes de adquirir um cão, é recomendável que pessoas com problemas alérgicos ou respiratórios consultem um médico especialista para avaliar a sua tolerância aos pelos de animais.


CONSIDERAÇÕES FINAIS

Em suma, cães de pelo curto tendem a soltar mais pelos do que cães de pelos médios e longos devido à sua taxa de renovação mais alta, assim sendo, para pessoas com problemas alérgicos ou respiratórios, a recomendação é optar por cães de pelagem média ou longa, que soltam menos pelos e podem ajudar a minimizar o risco das reações alérgicas.

Comments


Notícias recentes
Arquivo
bottom of page