top of page

NOTÍCIAS

  • Por Eduardo Freire - Médico Veterinário e jornalista

Alimentação: Quantas vezes por dia devo alimentar o filhote?


Alimentação para filhotes
Alimentação: Quantas vezes por dia devo alimentar o filhote?

Quando adotamos ou compramos um filhote, sabemos que a fase de adaptação pode ser cheia de desafios. Enquanto o nosso novo amiguinho se ajusta à rotina da casa, nós também precisamos aprender sobre suas necessidades de desenvolvimento, incluindo a hora da alimentação. Um dos aspectos essenciais é saber quantas vezes devemos oferecer comida, a quantidade adequada e outros detalhes importantes para manter a saúde do nosso filhote em dia. Vamos descobrir juntos!


A FREQUÊNCIA DA ALIMENTAÇÃO DIMINUE À MEDIDA QUE O FILHOTE CRESCE

Nos primeiros meses de vida do seu filhotinho, a ração específica para filhotes desempenha um papel fundamental, fornecendo energia e sustentando o metabolismo acelerado durante essa fase agitada. Inicialmente, é comum que o filhote não consiga comer grandes quantidades de uma só vez, portanto, é necessário oferecer várias refeições ao longo do dia.

Conforme o tempo passa, a frequência de alimentação vai diminuindo à medida que o filhote cresce. Para determinar a quantidade correta, é recomendado seguir as recomendações de acordo com as características do pet, evitando problemas como a hipoglicemia em cãezinhos muito pequenos, bem como levando em consideração a raça, porte e outros. Veja abaixo a quantidade adequada de refeições diárias de acordo com cada fase:


2 meses: de 4 a 6 vezes ao dia

3 meses: 4 vezes ao dia

De 4 a 6 meses: 2 a 3 vezes ao dia

Após 6 meses: 2 vezes ao dia ou conforme orientação do veterinário.


POR QUE É IMPORTANTE OFERECER RAÇÃO ESPECÍFICA PARA FILHOTES?

Um detalhe essencial que não pode ser ignorado é o tipo de ração que será oferecida ao filhote. Durante os primeiros meses de vida, o filhote é mais agitado e gasta uma quantidade significativa de energia, tornando fundamental o fornecimento de ração específica para filhotes, mesmo que haja outros cães adultos na casa.

A versão de ração para filhotes é cuidadosamente formulada com nutrientes essenciais que promovem um crescimento saudável. O cálcio é fundamental para o desenvolvimento adequado dos ossos, enquanto as proteínas contribuem para o ganho de massa muscular, a troca de pelos e fornecem energia ao filhotinho!


Ao oferecer uma ração específica ao seu filhote, siga as recomendações do local onde adquiriu seu cãozinho. Se desejar trocar de ração, faça a transição gradualmente para evitar desconfortos intestinais ou problemas mais sérios. E lembre-se de consultar um veterinário para obter orientações personalizadas sobre a alimentação do filhote, garantindo que ele tenha uma dieta equilibrada e adequada para cada estágio de vida.


Posts Relacionados

Comments


Notícias recentes
Arquivo
bottom of page