top of page

NOTÍCIAS

  • Por Eduardo Freire - Médico Veterinário e jornalista

Cuidado com a água dura: Conheça os riscos da água da torneira para a saúde dos pets!



Manter seu animal de estimação hidratado é essencial, mas oferecer água da torneira pode não ser a melhor opção em algumas regiões. Isso porque em muitos lugares, a chamada "água dura" pode ser prejudicial para a saúde dos animais.


A "água dura" é aquela que contém alto teor de minerais, como cálcio, magnésio e ferro. Segundo Gene Fitzgerald, especialista em tratamento de água do Reino Unido, em áreas de água dura, a água da torneira pode estar deixando os animais doentes. Se um cão bebe muita água dura por um longo período, pode desenvolver problemas como infecções urinárias, cistite, obstrução urinária, cristalúria e formação de cálculos. Além disso, pode ocorrer irritação e ressecamento da pele, problemas digestivos e dentários em animais de estimação.


Para saber se a água da sua torneira é "dura", há algumas dicas: ela costuma entupir o chuveiro, deixa manchas nas panelas (restos de calcário) e a pele fica ressecada no final do banho, sendo mais comum em águas subterrâneas, principalmente nos Estados Unidos e Europa, onde a dureza da água é mais elevada devido à composição do solo. No entanto, há regiões no Brasil que também possuem água dura, como na região da Serra da Bodoquena, no Mato Grosso do Sul.


Na dúvida, é melhor oferecer ao seu pet água filtrada ou mineral. Dessa forma, você pode garantir que seu animal de estimação esteja sempre saudável e hidratado.

Comentarios


Notícias recentes
Arquivo
bottom of page