top of page

NOTÍCIAS

  • Por Eduardo Freire - Médico Veterinário e jornalista

Filhote de cachorro pode tomar banho?



EXCLUSIVO | Você comprou ou adotou um filhotinho fofo e está ansioso para cuidar dele com todo o carinho e atenção que merece, garantindo sua saúde e felicidade. Mas você sabia que nem sempre é seguro dar banho em seu filhote logo de início? Nesta matéria, vamos explorar esse assunto de forma detalhada e explicar por que é crucial esperar até que seu filhote complete o ciclo inicial de vacinação antes de levá-lo para banhos em petshops ou locais públicos. Vamos também discutir os riscos envolvidos e compartilhar dicas importantes sobre como tomar as precauções necessárias para garantir o bem-estar do seu filhote durante essa fase crítica de seu desenvolvimento. Curioso? Então continue lendo!


Os filhotinhos são verdadeiros tesouros, mas também são frágeis e delicados, especialmente durante os primeiros meses de vida. Nessa fase, o sistema imunológico do pequeno cãozinho ainda está em desenvolvimento, o que o torna mais suscetível a doenças e infecções, incluindo vírus perigosos. É crucial compreender que os filhotes possuem um sistema imunológico em formação e são mais propensos a infecções virais.


Antes de completar 21 dias após o ciclo inicial de vacinação, o filhote pode não estar completamente protegido contra doenças virais, como a parvovirose, a cinomose e outras infecções graves. Portanto, é fundamental protegê-lo durante esse período delicado, evitando banhá-lo em locais frequentados por outros animais de estimação, como os petshops, que mesmo com todos os cuidados de limpeza, ainda apresentam risco de contaminação por vírus e bactérias. Mas não se preocupe! Você ainda pode cuidar da higiene do seu filhote em casa, seguindo algumas precauções importantes. Confira nosso passo a passo abaixo:


1- ESCOLHA O LOCAL ADEQUADO: Encontre um local seguro e quente em sua casa para dar o banho no seu filhote. A temperatura ambiente deve ser agradável, e é importante evitar correntes de ar.


2 - USE PRODUTOS ESPECÍFICOS PARA FILHOTES OU DE CRIANÇAS: Certifique-se de usar produtos de higiene específicos para filhotes ou de crianças, que são suaves e não irritantes para a pele sensível do cãozinho.


3 - PREPARE A ÁGUA: Encha uma bacia ou pia com água morna em quantidade suficiente para cobrir o corpo do filhote ou utilize o chuveirinho. É importante verificar a temperatura da água para garantir que não esteja muito quente, pois a pele sensível do filhote pode ser facilmente queimada.


4 - INTRODUZA O FILHOTE NA ÁGUA: Segure o filhote com firmeza, mas com cuidado, e vá introduzindo-o na água aos poucos, molhando todo o corpo. Tenha cuidado para não deixar entrar água na parte interna das orelhas ou nos olhos, e evite que o shampoo entre dentro da boca, pois mesmo que seja um produto recomendado, ele pode ocasionar intoxicação.

5 - USE SHAMPOO SUAVE: Aplique o shampoo no corpo do filhote, massageando suavemente o pelo e a pele para remover a sujeira e o odor. Evite o uso de shampoo para cães adultos, pessoas adultas ou produtos inadequados, pois podem causar irritações na pele sensível do cãozinho.


6 - ENXÁGUE COMPLETAMENTE: Enxágue cuidadosamente todo o corpo do filhote para remover por completo o shampoo, certificando-se de não deixar resíduos na pele ou no pelo.


7 - SEQUE BEM O FILHOTE: Use uma toalha macia, absorvendo o excesso de água do corpo e do pelo. É importante secar bem todas as áreas, especialmente as dobras de pele, evitando-se a umidade excessiva, que pode ocasionar problemas dermatológicos no cãozinho.


8 - USE SECADOR DE CABELOS EM MOVIMENTO: Após o uso da toalha, seque o filhote com um secador de cabelos em movimento constante e com uma configuração de temperatura baixa ou moderada, mantendo uma distância segura entre o cãozinho e o secador. Evite deixar o secador em um ponto fixo por muito tempo para evitar superaquecimento na pele do pequeno pet.

9 - ESCOVE O PELO: Após o filhote estar completamente seco, escove o pelo com uma escova macia e apropriada ao pet. Isso ajudará a remover emaranhados, mantendo-o limpo e saudável.


10 - RECOMPENSE E ELOGIE: Recompense e elogie o filhote durante e após o banho, criando uma associação positiva com o processo de higiene, fortalecendo assim o vínculo entre vocês dois.


Cuidar do seu cãozinho é fundamental, e isso inclui saber quando dar banho. Mas atenção! Banhos frequentes não são recomendados para cães filhotes ou adultos, pois a pele desses animais de estimação é diferente da nossa e pode reter mais água, levando-os a problemas dermatológicos. No entanto, com os cuidados adequados, você pode proporcionar uma higiene segura e positiva em casa, mantendo seu cãozinho limpo e saudável enquanto aguarda ele completar seu período imunológico para assim poder frequentar locais públicos.


Cuide do seu companheiro canino com muito carinho e atenção, e garanta que ele cresça feliz e saudável ao seu lado! 🐾💕



Por Eduardo Freire para www.euqueroumfilhote.com - Proibida a cópia sem menção desta fonte.

Posts Relacionados

Comments


Notícias recentes
Arquivo
bottom of page