© EuQUEROumFILHOTE desde 1999 transformando sonhos em realidade

faleconosco@euqueroumfilhote.com.br

(11) 3645-1589 Whatsapp  96154-7715

É bom dormir junto com o amigo de 4 patas?

 

 

De acordo com os dados do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, 56% das pessoas que têm um cão permitem que ele durma no quarto e 50% delas, permitem que ele durma na mesma cama.

 

Animais de estimação se tornaram membros da família. Para os avós, mais um neto, para os pais, um filho, e para os filhos, um irmão. Compartilhamos tudo com eles:  tristezas, alegrias, aniversários, feriados e também descanso. Portanto, não é absurdo que mais e mais pessoas compartilham seu quarto com seu mascote. Mas isso é bom? A seguir lhe contaremos os prós e contras.

 

PRÓS

1. Auxiliar num melhor descanso. Segundo um estudo do Centro de Medicina do Sono, no Arizona, Estados Unidos, a sensação de segurança e conforto quando dormimos junto com o cão, nos faz descansar melhor do que quando dormimos sem ele. O grande extinto protetor do amigo de 4 patas, nos proporciona segurança quando fechamos os olhos e sabemos que ele está junto conosco.

 

2. Alivia o estresse. Ter um cão ao lado, aumenta nossos hormônios do amor, a oxitocina e reduz o nível de cortisol (hormônio responsável pelo estresse). Pode ter certeza que ao compartilhar nosso canto de descanso com nossos mascotes nos ajuda a ficarmos mais relaxados na hora do sono.

 

3. O sono é um momento íntimo e não fazemos com qualquer um. Portanto, se o cão está dormindo conosco, é sinônimo de bom relacionamento e conectividade. Além disso, passar essas horas com o mascote, vai tornar os laços, entre ambos, ainda mais próximos.

 

4. Eles nos fornece calor. Os amigos de 4 patas têm temperatura corporal mais alta do que a humana (39°C). Isso ajudará nas noites mais frias, apaziguando o frio que sentimos quando estamos sozinhos.

 

CONTRAS

1. Dependendo do local onde o amigo de 4 patas decide dormir, pode ser negativo ao nosso descanso. Não é o mesmo que dormir entre os lençóis ou no pé da cama. No primeiro caso, quando ele se mover, poderá atrapalhar o sono.

 

2. Assim como nós, cães sonham, roncam e se movem quando dormem. Um estudo da CQ University, em Rockhampton, Austrália, apontou que os sons, produzidos por eles, podem ser prejudiciais ao nosso descanso.

 

3. Todas aquelas pessoas que têm problemas respiratórios ou alergias e decidem compartilhar o colchão com o fiel amigo, devem saber que tais sintomas podem piorar estando junto com ele. Dormir com o cão, significa ficar várias horas muito perto dos seus pelos. Tal contato pode ser uma fonte alérgica para aquelas pessoas que têm esse tipo de problema. Entretanto, escovar o peludo com mais freqüencia pode auxiliar a resolver tal situação.

 

4. Nosso ciclo de sono não é o mesmo do amigo de 4 patas, pois ele poderá se levantar no meio da noite e nos acordar para que possamos brincar. Então, se decidirmos dormir com ele, teremos que estar cientes a essas consequências.

 

 

 

Por Eduardo Freire (cópia apenas será permitida mencionando fonte: www.euqueroumfilhote.com)

Facebook
Twitter
Please reload

Posts Em Destaque